Seja bem-vindo!
Notícias

HOME »

NOTÍCIAS »

Previsão de 120 mil vagas para 2013

NOTÍCIAS

Previsão de 120 mil vagas para 2013

17/12/2012

por Luan Seixas

 

O Ministério do Planejamento entregou ao Senado no início de setembro o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2013. A previsão é de 124.757 vagas em concursos públicos, sendo 63.075 em cargos a serem criados. A previsão é maior que a aprovada para 2012, quando o Governo previu a criação e a ocupação de 111.729 vagas por meio de seleções públicas. Só no Executivo, foram 107.382 chances. Embora a previsão não implique o preenchimento efetivo das vagas, o cenário é animador para quem busca entrar para a carreira pública.

 

Das 13.720 vagas que serão criadas e preenchidas no Poder Judiciário, 3.854 serão destinadas à Justiça Federal e 5.559 à Justiça do Trabalho. O Ministério Público da União (MPU) deverá criar e preencher, em 2013, 6.716 vagas, diz o texto da proposta. A previsão de gastos com a criação de cargos e substituição de terceirizados, segundo o Projeto de Lei Orçamentária 2013, é de R$ 2,6 bilhões.

 

O professor de Direito Administrativo e Diretor do site Concurso Virtual, Alexandre Prado, explicou que embora a aprovação do PLOA com a criação dos cargos e das vagas não gere obrigação para a administração pública em lançar e ofertas as vagas, uma vez ofertada e lançada no edital, há direito subjetivo do candidato ser nomeado conforme posicionamento do Supremo. “Logo, isso é uma grande chance para o candidato, tendo em vista que se o cargo foi criado há uma previsão legal e recurso orçamentário adotado para isso. Então as chances são grandes e as oportunidades serão imensas em 2013”, argumentou Prado.

 

Para ele, a ótima expectativa para o mercado de concursos públicos para o ano de 2013 se deve ao fato de a Presidente Dilma estar tomando medidas para acelerar o crescimento, tais como, redução de impostos e aumento do gasto público.

Alexandre Prado

“O candidato que estiver se preparando e estudando, desde já, terá muitas chances de conquistar uma vaga pública. Por isso que é tão importante mirar em um concurso, ainda que o edital não tenha sido lançado, e estudar”, afirmou.

 

De acordo com Prado, as dicas para os concurseiros conquistarem a vaga em 2013 são fazer um planejamento detalhado que inclua a área que o candidato deseja (tribunais, fiscal, policial, etc); montagem de um horário de estudo a ser seguido a risca; estudo das matérias básicas (Português, Redação, Direito Constitucional, Direito Administrativo) e demais matérias complementares; realizar muitos exercícios, e, claro, escolher algum curso preparatório para concursos públicos.

“A cada dia novos cursos preparatórios para concursos públicos abrem as portas. Mas qual realmente é confiável, e trará resultados para seus alunos, concurseiros? Três fatores considero como fundamentais. Antes de escolher, o candidato deve buscar saber quem são seus idealizadores. Por que eles resolveram abrir o curso? Outro fato importante a se considerar é o corpo docente. Quem são os professores que lecionam no curso? E um terceiro fator é saber quais são os materiais de apoio que o curso oferece”, aconselhou Alexandre Prado.

 

Segundo ele, existe ainda um quarto fator igualmente importante, que diz respeito à metodologia de ensino que o candidato pretende escolher. “Se o curso é presencial, busque saber como são as salas de aula, conforto, e etc. Agora, se o curso é online, busque saber sobre a qualidade das vídeo-aulas, sobre a plataforma que o curso oferece para transmitir as vídeo-aulas. Quanto ao conforto, ficará por conta do próprio aluno, já que ele poderá estudar onde e quando quiser”, completou.

 

 

LEIA TAMBÉM:

PRF abre 71 vagas para Brasília

TRT-RJ: expectativa de edital em setembro

ANAC abre 170 vagas de níveis médio e superior

TJ-SP lança 1.035 vagas em concurso de nível médio

Polícia Civil do Rio abre concurso para delegado